Android: A aplicação Facebook pode aceder às SMS

A última versão da aplicação do Facebook saiu há muito pouco tempo. Você já a instalou?

É neste sentido que pretendemos alertar os nossos leitores do fato do Facebook andar a espiar todas as nossas mensagens de texto (SMS) e multimedia (MMS). Como? É isto que vamos aqui explicar neste artigo.

Facebook-Android-Cuidado

Agora é a vez das SMS e MMS: o Facebook pretende saber ao máximo das nossas vidas, invadindo os nossos smartphones e tablets Android através das últimas atualizações das aplicações “Facebook” e “Facebook Messenger”.

Talvez o leitor não tenha conhecimento da importância de se lerem as permissões, que são dadas às aplicações que instalamos nos nossos smartphones e tablets Android, pois é de todo importante estas serem lidas quando mal descarregamos do Play (mercado de aplicações da Google para dispositivos Android). As permissões podem ser ao nível do hardware do dispositivo (parte física: vibrações, câmara e flash), e outras ao nível do software (por exemplo para enviar e receber SMS ou MMS, existem N programas que podem substituir o que vem de origem no Android).

permissoes-android

As duas aplicações da rede social Facebook pedem várias permissões entre as quais o acesso às nossas mensagens. O pedido dessa permissão é muito estranha, uma vez que atualmente não existe muita informação acerca dos objectivos do Facebook. O que sabemos é que ao instalarmos essas aplicações da rede social Facebook no nosso smartphone, alguém poderá logo estar a monitorizar os nossos contatos e todas as mensagens de texto e de multimedia. Segundo algumas fontes de informação na Internet, a requisição da permissão é usada para uma antenticação que é feita via SMS, ou seja, só requer apenas o “nosso número de celular” para confirmarmos a autenticação.

Leia mais:  Facebook analisa conversas suspeitas

Quais as soluções?

Apresentamos as seguintes soluções:

1) Não atualizem o Facebook.

A versão 3 da aplicação do Facebook não pede essa permissão, porém a 4 e a última já pedem e embora saibamos disso, não nos foi possível até à data da publicação deste artigo arranjar as versões anteriores, pelo que pedimos desde já desculpa aos nossos leitores.

Caso o leitor queira confirmar a sua versão da aplicação do Facebook, deverá ir às “Informações da Aplicação” e lá aparecerá a versão que tem atualmente instalada no seu dispositivo.

2) Utilizem o browser (navegador) do vosso dispositivo.

Esta é, sem dúvida, a melhor forma de nos proteger dessa intenção do Facebook ao querer intrometer-se nas nossas vidas.

Não sabemos atualmente se esta intenção é boa ou não, talvez queiram implementar uma maneira de enviarmos SMS e MMS gratuitamente para os nossos contatos diretamente, utilizando as ditas aplicações.

Até lá fica a dica para quem queira realmente proteger-se.

Você gostou do artigo? Partilhe-o!

Sobre: Rui Silva

Fundador e criador do site “i-Técnico – Informática Para Todos”.

Aviso: Todo e qualquer texto publicado neste site não reflecte, necessariamente, a opinião do site i-Técnico ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados são da inteira responsabilidade dos leitores que escreveram. É importante saber que a administração deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que possam ser ofensivos, caluniosos, preconceituosos, ou que possam de alguma forma prejudicar terceiros. Comentários sem a devida identificação (nome completo e endereço válido de e-mail) do seu autor também poderão ser excluídos (ver aqui como comentar).

Deixe um comentário.