Facebook: O que deve ser evitado?

O Facebook é considerado por muitos a maior rede social do mundo, mas também uma grande armadilha. Veja porquê!

Facebook-001

Tal como na vida real, no Facebook há lugares que devem ser evitados pelas crianças e adolescentes pois são lugares para maiores de 18 anos, pessoas que se escondem atrás de perfis falsos com vários objectivos que podem trazer prejuízo às pessoas, e que podem enganar a muitos como lobo na pele de cordeiro. Vamos enunciar já de seguida alguns motivos que devem ser levados a sério pelos pais de menores, quando estes pedirem para criar um (perfil de) Facebook.

Os perigos

Segue-se uma lista de perigos que podem ser encontrados no Facebook.

1) Pedofilia

Como referido acima, existem muitos perfis falsos nesta rede social, que escondem pessoas de todo o tipo, incluindo pedófilos que pretendem colher fotos de meninos e meninas. Por isso é muito importante que os pais tenham mais atenção em publicar as fotos dos seus filhos, pois estas podem cair nas mãos de pessoas erradas. As fotografias devem ser partilhadas apenas para os contactos que os pais conhecem muito.

Se por acaso o leitor vir um perfil que é suspeito o recomendável mesmo é denunciá-lo ao Facebook e aos agentes de autoridade (esquadra de polícia ou delegacias).

2) Jogos e o dinheiro

Todos os jogos que estão no Facebook são gratuitos. Mas será que não envolvem dinheiro? A resposta é sim! Por exemplo, para acabar um nível mais depressa obtendo uma ajudinha, ou para recuperar as vidas mais depressa, qualquer jogo pede dinheiro em troca. Esse valor pode ser pago de diversas formas, uma delas é o pagamento via mensagens de telemóvel (celular) e esse é o que normalmente se utiliza, pois em troca do saldo existente no telemóvel, pode-se pagar para ter aquela regalia.

Leia mais:  Facebook revela dados estatísticos impressionantes

Esses jogos, na sua grande maioria, já passaram para plataformas móveis, por exemplo, para os próprios smartphones que têm como sistemas operativos Android, iOS e Windows Phone. Assim sendo, uma criança que tiver no seu alcance um smartphone para brincar, poderá facilmente gastar dinheiro do seu cartão (chip).

3) Aplicações, links falsos e roubos de conta

O Facebook está cheio de aplicações e links falsos que se tornam virais em um abrir e fechar de olhos. Esses links e aplicações podem redireccionar para sites onde são colhidas várias informações do perfil activo (nome, fotografia do perfil, e-mails, senhas, etc.).

Se suspeitar de uma aplicação falsa, terá de ir às definições / aplicações e eliminar a respectiva aplicação.

Esses links normalmente são publicados em chat (bate-papo). Quando isso acontecer, significa que o perfil do seu contacto poderá estar comprometido. O aconselhado é, se conhecer a pessoa da conta que foi roubada, avisá-la pessoalmente e bloqueá-la logo de seguida no seu Facebook.

Estes links e aplicações encontram-se tanto dentro do Facebook como fora.

4) Páginas com conteúdo explícito

Existem muitas páginas no Facebook com conteúdo explícito (contendo fotos e vídeos de pornografia ou de apelo sexual), que por mais que sejam denunciadas, na sua maioria voltam a aparecer.

Se encontrar alguma página do género, recomenda-se que a denuncie ao Facebook. É bom lembrar que nem sempre o Facebook tem a mesma opinião que a nossa.

5) Concursos públicos

No Facebook existem montes de concursos em que se pede para publicar uma foto. Geralmente, esses concursos podem aparecer nas pesquisas do Google, logo poderão estar a comprometer com a privacidade do utilizador do Facebook.

É importante verificar todas as regras desses concursos e saber mesmo de todos os pontos relacionados com a sua privacidade.

  • Ver aqui mais sobre concursos públicos.
Leia mais:  Facebook festeja os 25 anos da Web!

6) Perfis falsos

Os perfis falsos já são muitos no Facebook e são usados por todos aqueles que querem fazer maldade, como os que citámos anteriormente (pontos 1, 3 e 4). Geralmente esses perfis falsos têm nomes comuns, fotografias de perfil que podem ser encontradas no Google se forem de pessoas famosas, informações falsas ou ocultação de informações pessoais (localidade onde vivem, de onde nasceram, entre outras).

Nossas recomendações

Para se garantir pelo menos uma segurança mínima que seja no Facebook, aqui deixamos algumas dicas:

  • Aconselha-se a presença de um responsável mais velho quando se tratar de uma criança ou de um adolescente.
  • O adulto ou pessoa responsável deverá tomar consciência de que tem de estar próximo da criança quando esta estiver no Facebook, controlando assim todos os seus passos. Além disso, deverá também ter acesso à sua conta e verificar todo o conteúdo de mensagens privadas.
  • Não postem fotos de seus filhos para público e nem para amigos dos amigos.
  • Não postem fotos para público com roupas de banho ou outras mais ousadas, vossas fotos poderão ser roubadas.
  • Não postem endereço de morada, número de telefone fixo ou de telemóvel (celular).
  • Evite de publicar no seu mural todos os acontecimentos da sua vida privada, sejam eles bons ou maus.
  • Entre em configurações (ou definições) e coloque quem poderá ver suas fotos, suas informações.
  • Tome o cuidado com sua palavra-passe ou senha, convém trocá-la pelo menos de 15 em 15 dias.
  • Coloque sempre uma palavra-passe ou senha que se lembre facilmente.
  • Não passe seu e-mail para pessoas que você mal conhece de forma a que esta o encontre na rede social.
  • Evite os desabafos no seu mural, pois tal como na vida real existem sempre pessoas que nos querem mal ou nos prejudicar. Estes desabafos podem ser feitos através do chat unicamente com pessoas amigas.
  • Fale sempre com a sua criança sobre o seu dia-a-dia, antes de deixá-la ir para o Facebook, tentando saber ao máximo como correu o seu dia na escola.
  • Não deixe seu facebook abandonado ou muito tempo sem uso, se você fizer outro perfil não esqueça de apagar (deletar) o antigo, pois o seu perfil antigo poderá ser usado por pessoas sem escrúpulos.
  • Vá utilizando regularmente o seu e-mail que usou para se registar no Facebook, pois existem servidores de e-mails (como o da Microsoft) que após um tempo sem uso, são fechados e podem ser abertos por outra pessoa, sendo assim essa pessoa poderá ter acesso ao seu Facebook, fazendo uma recuperação de conta.
Leia mais:  Facebook: É possível editar o vídeo do 10.º aniversário do Facebook. Sabe como?

Preserve a sua privacidade!!

Saiba que tudo o que você colocar no Facebook deixa de ser propriedade particular, excepto se forem tomadas devidas providências e cuidados ao divulgar as informações pessoais.

Você gostou do artigo? Partilhe-o!

Sobre: Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Aviso: Todo e qualquer texto publicado neste site não reflecte, necessariamente, a opinião do site i-Técnico ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados são da inteira responsabilidade dos leitores que escreveram. É importante saber que a administração deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que possam ser ofensivos, caluniosos, preconceituosos, ou que possam de alguma forma prejudicar terceiros. Comentários sem a devida identificação (nome completo e endereço válido de e-mail) do seu autor também poderão ser excluídos (ver aqui como comentar).

Um Comentário para: “Facebook: O que deve ser evitado?

  1. Este é sem dúvidas um artigo que deve ser lido pelos pais, pelos professores, pelos encarregados de educação e por todos os adultos que lidam com crianças e adolescentes.
    Eu comparo o Facebook a uma gigantesca cidade. Não vou deixar uma criança sozinha a navegar no Facebook, pois usando novamente a mesma analogia, seria o mesmo que abandonar a criança numa gigantesca cidade e ela que se desenrasque. Aliás, isto não é uma gigantesca cidade, é sim a selva! A selva onde existem predadores e presas.
    É preciso as pessoas tomarem consciência disso o mais rapidamente possível.

    Obrigada Rui Silva pelo artigo e conselhos que foram aqui dados, alguns deles já do meu conhecimento, mas sempre bons de reler.

Deixe um comentário.