Gmail: Como saber se a sua conta foi roubada?

Você tem uma conta Google e quer saber se o seu Gmail já foi ou não roubado.

Este mecanismo de roubar contas de e-mail chama-se phishing ou furto de identidade. Ele está bem presente na política de segurança dos vários serviços oferecidos pela empresa Google, que está sempre a inovar medidas de segurança contra invasores. Porém, nem sempre é assim. Há sempre um espertalhão que consegue quebrar as regras.

Neste artigo, você irá ver se a sua conta Google está segura ou se já foi invadida. Fique ligado e veja o que terá de fazer para o caso disso acontecer.

Início de sessão suspeita - Google

A empresa Google procura sempre proteger os seus clientes, nos vários serviços que oferece, desde o Gmail, às Fotos ou o Drive, que são aplicações dos smartphones e tablets Android.

Neste sentido, assim que for detectada alguma coisa errada na sua conta Google, neste caso “início de sessão suspeito”, você irá logo ser avisado no computador ou no seu smartphone Android, usando todos os canais de comunicação (e-mails, notificações, avisos, etc.).

Que avisos são esses?

No meu smartphone, apareceu uma notificação em como houve uma tentativa de sessão suspeita impedida.

Início de sessão suspeita - Google
Clique na imagem para ver em tamanho maior.

E no computador, também fui avisado com uma notificação com letra em branco e fundo vermelho “Aviso: a Google impediu um início de sessão suspeito na sua conta com a sua palavra-passe. <Rever atividade>“. Iremos mostrar o do Gmail, mas na própria página do motor de buscas Google ou em qualquer outro serviço (Fotos, Drive, etc.) aparecerá o mesmo aviso.

Início de sessão suspeita - Google 002Clicando na notificação no smartphone, você irá ver o seguinte ecrã (tela):

Início de sessão suspeita - Google 003
Clique na imagem para ver em tamanho maior

Se você estiver no seu computador e clicar em “Rever atividade“, você irá ver o seguinte, confirme a imagem abaixo:

Leia mais:  Gmail: Aprenda a criar uma conta de e-mail

Início de sessão suspeita - Google 004

O que deve ser feito?

Existem duas soluções:

Solução A: se foi realmente você quem acedeu (acessou) a sua conta no endereço, no lugar e na hora que foi indicado, pode confirmar que foi você.

Solução B: se não foi você, então o melhor é mesmo proteger a sua conta.

Veja agora todos os passos que deverá seguir para cada uma das soluções.

Solução A

Se estiver no seu smartphone, carregue em “SIM” (em azul). E está resolvido.

Se estiver no seu computador, clique em “SIM, FUI EU“. Caso resolvido!

Solução B

Clicando em “NÃO, PROTEGER A CONTA“, quer no seu smartphone, quer no computador, você irá ter de verificar a sua privacidade. Isto significa que você vai ter de mudar a sua palavra-passe (senha).

Clique em “ALTERAR PALAVRA-PASSE” para proceder à alteração e siga os restantes passos até alterar a palavra-passe (senha).

E você, já passou por essa situação? O que fez? Deixe-nos o seu comentário.

 

Você gostou do artigo? Então partilhe-o.

Sobre: Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.