Análise: Nokia 6.1 – Veja o Unboxing e as nossas primeiras impressões.

A HMD Global renovou o seu Nokia 6 e lançou em Abril de 2018 a versão 6.1 do seu smartphone com Android. E aqui está o… Nokia 6.1 (de 2018)!

Vamos conhecê-lo?

Nokia 6.1

Anunciado em Janeiro de 2018, o Nokia 6.1 foi lançado em Abril do mesmo ano. É a versão actualizada do Nokia 6 que tínhamos apresentado. Veja ou reveja o artigo clicando aqui.

Esse Nokia 6.1 chegou às nossas mãos há cerca de um mês e vamos ver: as especificações, o unboxing (ou seja, o momento da abertura da caixa), as primeiras impressões e as primeiras configurações.

Especificações

Clique em cada um dos seguintes títulos, para expandir. O “Design” estará já aberto. Ao clicar noutro, este último será recolhido.

Design

  • Cores: Preto/Cobre, Branco/Ferro, Azul/Dourado
  • Tamanho (excluindo câmara): 148,8 x 75,8 x 8,15mm
  • Tamanho (com a câmara): 148,8 x 75,8 x 8,6mm

Rede e conectividade

  • Velocidade da rede: LTE Cat. 4, ou seja, poderá atingir velocidades de Download até 150Mbps e de Upload até 50Mbps
  • WiFi 802.11 a/b/g/n
  • Bluetooth® 5.0
  • GPS/AGPS + GLONASS + BDS + FM/RDS RDS

Desempenho

  • Sistema operativo: Android Oreo (versão 8.0)
  • RAM: 3GB LPDDR 4
  • CPU: Qualcomm® Snapdragon™ 630, octa-core, 2.2 GHz

Armazenamento

  • Memória interna: 32GB eMMC 5.1
  • Ranhura para cartão MicroSD: Suporta até 128GB

Áudio

  • ConectorEntrada para auscultadores (fones) de 3,5mm
  • Altifalantes: Um altifalante com amplificador inteligente
  • Microfones: 2 micros com áudio Nokia OZO

Ecrã (tela)

  • Tamanho e tipo: LCD IPS de 5,5” full-HD
  • Resolução: 1920 x 1080, com formato 16:9
  • Material: Corning® Gorilla® Glass 3

Câmara (Câmera)

  • Câmara principal: 16MP
  • Câmara frontal: 8MP

Conectividade

  • Tipo de cabo: USB Tipo-C (USB 2.0)
  • Sensores: Sensor de luz ambiente, sensor de proximidade, acelerómetro, E-compass (bússola eletrónica), Giroscópio, Sensor de impressões digitais, Sensor de efeito Hall

Bateria

  • Tipo de bateria: Bateria integrada 3.000mAh

Unboxing

Veja o nosso vídeo.

Primeiras impressões do Nokia 6.1

A primeira impressão é o peso dele. Quem está habituado a um smartphone “leve”, vai achar este ligeiramente pesado, pois pesa 172g. Comparado com o seu antecessor, o Nokia 6, está ainda mais pesado cerca de 3g.

Parece que a Nokia quer voltar aos tempos antigos e ter equipamentos que duram. É claro que o telefone não é tão robusto quanto eram os Nokia 1100 ou 3310, mas este tem um chassi bastante robusto.

Em relação ao funcionamento, não deixa nada a desejar. Este smartphone é dual SIM, logo vem equipado com uma gaveta lateral onde poderá colocar 2 cartões SIM (chips) em simultâneo ou um cartão (chip) e um cartão de memória MicroSD. Para abrir essa gaveta, terá de usar aquela chave que vem com o smartphone.

Câmara (Câmera)

A câmara deverá ser configurada após um pequeno tutorial para explicar como funciona. Depois é só apontar o alvo e tirar foto ou filmar.

A câmara já vem configurada para geolocalizar as fotografias, ou seja, para colocar o local de onde foi tirada a fotografia. Para desactivar essa funcionalidade, vá às Definições da câmara e desactive em Etiqueta de localização. Deverá ficar a cinzento. Para reactivar a localização das fotos, basta seguir os mesmos passos e deixar em azul. O site “i-Técnico” aconselha vivamente que desactive essa funcionalidade, para proteger a vossa privacidade.

Em relação às fotografias, com uma resolução de 16 megapixels, a câmara traseira (principal) tira excelentes fotografias, assim como a frontal com “apenas” 8 megapixels.

Com a aplicação da Câmara, no Nokia 6.1, é possível tirar, ao mesmo tempo, uma selfie (foto de si mesmo) e uma foto “normal”. Este modo chama-se “Bothie” e consiste em tirar fotos das câmaras traseira e frontal em simultâneo.

Equipado com lentes ZEISS, você tem tudo para tirar óptimas fotos e boas gravações de vídeo!

Sistema operativo

O Android O (de Oreo), ou Android 8.0, é o sistema operativo do Nokia 6.1. Assim que o smartphone for ligado, depois das configurações, será pedido para ser actualizado. Bastará desligar e voltar a ligar o smartphone ou reiniciar. As seguintes apps terão de ser actualizadas: Google Foto (para ver a galeria de fotos e vídeos), YouTube, Google Indic Keyboard, Mensagens Android, Imagens de fundo, Contactos do Google, Telefone, Carrier Services, Gboard – o Teclado Google, Google Pinyin Input, Síntese de voz Google, Lente do Google e Nokia mobile support.

A novidade no Nokia 6.1 é que este sistema operativo é o Android One, isto é, o Android é puro. Não traz apps a mais que, geralmente, outras marcas tendem a trazer. Isto faz com o que o smartphone seja bastante fluído e rápido, mesmo depois de ter algumas apps instaladas, como o Messenger, WhatsApp, Skype, Instagram, Facebook, etc.

Logo, o Nokia 6.1 irá receber durante 2 anos actualizações do sistema operativo e durante 3 anos actualizações de segurança.

Impressão digital

A configuração da impressão digital é fácil e poderá ser feita logo no primeiro uso, assim que o smartphone for iniciado, como também mais tarde. Poderão ser configurados mais do que um dedo e cada um poderá ter o respectivo nome.  O reconhecimento da impressão digital é rápido.

Áudio

O áudio é a parte que mais surpreendeu. O Nokia 6.1 (de 2018) tem uma excelente qualidade de áudio. Usámos o Samsung Galaxy Note 3 para filmar a experiência: colocámos o Samsung Galaxy S7 e o Nokia 6.1 (de 2018) lado a lado tocando a mesma música. Veja o vídeo, tire as suas próprias conclusões e diga-nos qual é que gostou mais.

Bateria

Não se preocupe com a bateria, pois ela é durável! Embora a capacidade da bateria do Nokia 6.1 (de 2018) seja de 3.000mAh, dá perfeitamente para mais de um dia.

Nokia 6.1 (de 2018) tem um modo económico de bateria, que reduz as funções do smartphone para aumentar o tempo de bateria. Por exemplo, a vibração do teclado será desactivada, o ecrã (tela) ficará mais escuro, etc. Com essa redução, poderá sentir o smartphone um pouco mais lento, principalmente se tiver muitas apps (aplicações) abertas.

Para activar e desactivar o modo “Poupança de bateria“, basta ir à barra de notificações onde está o relógio.

Em relação ao carregador, a empresa HMD Global decidiu optar pelo conector USB-C.

Opinião final

Nokia 6.1 (de 2018) é uma boa aposta, para quem quer um smartphone de média gama. Gostei muito do áudio, da impressão digital e do sistema operativo Android, uma vez que este é limpo (não traz qualquer app a mais).

Embora a bateria seja duradoura, esta não dá para ser substituída facilmente assim como acontecia com os smartphones e telemóveis (celulares) mais antigos. Somente poderá ser substituída numa loja de assistência técnica.

Disponibilidade

Nokia 6.1 (de 2018) encontra-se disponível em Portugal nas seguintes lojas:

Clique aqui para escolher onde comprar mais barato com o site KUANTOKUSTA.

Você gostou do artigo? Então partilhe-o.

About Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.