Análise: Nokia 6.1 – Veja o Unboxing e as nossas primeiras impressões.

A HMD Global renovou o seu Nokia 6 e lançou em Abril de 2018 a versão 6.1 do seu smartphone com Android. E aqui está o… Nokia 6.1 (de 2018)!

Vamos conhecê-lo?

Nokia 6.1

Anunciado em Janeiro de 2018, o Nokia 6.1 foi lançado em Abril do mesmo ano. É a versão actualizada do Nokia 6 que tínhamos apresentado. Veja ou reveja o artigo clicando aqui.

Esse Nokia 6.1 chegou às nossas mãos há cerca de um mês e vamos ver: as especificações, o unboxing (ou seja, o momento da abertura da caixa), as primeiras impressões e as primeiras configurações.

Especificações

Clique em cada um dos seguintes títulos, para expandir. O “Design” estará já aberto. Ao clicar noutro, este último será recolhido.

Design

  • Cores: Preto/Cobre, Branco/Ferro, Azul/Dourado
  • Tamanho (excluindo câmara): 148,8 x 75,8 x 8,15mm
  • Tamanho (com a câmara): 148,8 x 75,8 x 8,6mm

Rede e conectividade

  • Velocidade da rede: LTE Cat. 4, ou seja, poderá atingir velocidades de Download até 150Mbps e de Upload até 50Mbps
  • WiFi 802.11 a/b/g/n
  • Bluetooth® 5.0
  • GPS/AGPS + GLONASS + BDS + FM/RDS RDS

Desempenho

  • Sistema operativo: Android Oreo (versão 8.0)
  • RAM: 3GB LPDDR 4
  • CPU: Qualcomm® Snapdragon™ 630, octa-core, 2.2 GHz

Armazenamento

  • Memória interna: 32GB eMMC 5.1
  • Ranhura para cartão MicroSD: Suporta até 128GB

Áudio

  • ConectorEntrada para auscultadores (fones) de 3,5mm
  • Altifalantes: Um altifalante com amplificador inteligente
  • Microfones: 2 micros com áudio Nokia OZO

Ecrã (tela)

  • Tamanho e tipo: LCD IPS de 5,5” full-HD
  • Resolução: 1920 x 1080, com formato 16:9
  • Material: Corning® Gorilla® Glass 3

Câmara (Câmera)

  • Câmara principal: 16MP
  • Câmara frontal: 8MP

Conectividade

  • Tipo de cabo: USB Tipo-C (USB 2.0)
  • Sensores: Sensor de luz ambiente, sensor de proximidade, acelerómetro, E-compass (bússola eletrónica), Giroscópio, Sensor de impressões digitais, Sensor de efeito Hall

Bateria

  • Tipo de bateria: Bateria integrada 3.000mAh

Unboxing

Veja o nosso vídeo.

Leia mais:  WhatsApp: Finalmente as videochamadas...

Primeiras impressões do Nokia 6.1

A primeira impressão é o peso dele. Quem está habituado a um smartphone “leve”, vai achar este ligeiramente pesado, pois pesa 172g. Comparado com o seu antecessor, o Nokia 6, está ainda mais pesado cerca de 3g.

Parece que a Nokia quer voltar aos tempos antigos e ter equipamentos que duram. É claro que o telefone não é tão robusto quanto eram os Nokia 1100 ou 3310, mas este tem um chassi bastante robusto.

Em relação ao funcionamento, não deixa nada a desejar. Este smartphone é dual SIM, logo vem equipado com uma gaveta lateral onde poderá colocar 2 cartões SIM (chips) em simultâneo ou um cartão (chip) e um cartão de memória MicroSD. Para abrir essa gaveta, terá de usar aquela chave que vem com o smartphone.

Câmara (Câmera)

A câmara deverá ser configurada após um pequeno tutorial para explicar como funciona. Depois é só apontar o alvo e tirar foto ou filmar.

A câmara já vem configurada para geolocalizar as fotografias, ou seja, para colocar o local de onde foi tirada a fotografia. Para desactivar essa funcionalidade, vá às Definições da câmara e desactive em Etiqueta de localização. Deverá ficar a cinzento. Para reactivar a localização das fotos, basta seguir os mesmos passos e deixar em azul. O site “i-Técnico” aconselha vivamente que desactive essa funcionalidade, para proteger a vossa privacidade.

Em relação às fotografias, com uma resolução de 16 megapixels, a câmara traseira (principal) tira excelentes fotografias, assim como a frontal com “apenas” 8 megapixels.

Com a aplicação da Câmara, no Nokia 6.1, é possível tirar, ao mesmo tempo, uma selfie (foto de si mesmo) e uma foto “normal”. Este modo chama-se “Bothie” e consiste em tirar fotos das câmaras traseira e frontal em simultâneo.

Equipado com lentes ZEISS, você tem tudo para tirar óptimas fotos e boas gravações de vídeo!

Leia mais:  Comboios de Portugal: Conheça a app oficial da CP!

Sistema operativo

O Android O (de Oreo), ou Android 8.0, é o sistema operativo do Nokia 6.1. Assim que o smartphone for ligado, depois das configurações, será pedido para ser actualizado. Bastará desligar e voltar a ligar o smartphone ou reiniciar. As seguintes apps terão de ser actualizadas: Google Foto (para ver a galeria de fotos e vídeos), YouTube, Google Indic Keyboard, Mensagens Android, Imagens de fundo, Contactos do Google, Telefone, Carrier Services, Gboard – o Teclado Google, Google Pinyin Input, Síntese de voz Google, Lente do Google e Nokia mobile support.

A novidade no Nokia 6.1 é que este sistema operativo é o Android One, isto é, o Android é puro. Não traz apps a mais que, geralmente, outras marcas tendem a trazer. Isto faz com o que o smartphone seja bastante fluído e rápido, mesmo depois de ter algumas apps instaladas, como o Messenger, WhatsApp, Skype, Instagram, Facebook, etc.

Logo, o Nokia 6.1 irá receber durante 2 anos actualizações do sistema operativo e durante 3 anos actualizações de segurança.

Impressão digital

A configuração da impressão digital é fácil e poderá ser feita logo no primeiro uso, assim que o smartphone for iniciado, como também mais tarde. Poderão ser configurados mais do que um dedo e cada um poderá ter o respectivo nome.  O reconhecimento da impressão digital é rápido.

Áudio

O áudio é a parte que mais surpreendeu. O Nokia 6.1 (de 2018) tem uma excelente qualidade de áudio. Usámos o Samsung Galaxy Note 3 para filmar a experiência: colocámos o Samsung Galaxy S7 e o Nokia 6.1 (de 2018) lado a lado tocando a mesma música. Veja o vídeo, tire as suas próprias conclusões e diga-nos qual é que gostou mais.

Bateria

Não se preocupe com a bateria, pois ela é durável! Embora a capacidade da bateria do Nokia 6.1 (de 2018) seja de 3.000mAh, dá perfeitamente para mais de um dia.

Leia mais:  Nokia 6: o novo smartphone da Nokia com Android

Nokia 6.1 (de 2018) tem um modo económico de bateria, que reduz as funções do smartphone para aumentar o tempo de bateria. Por exemplo, a vibração do teclado será desactivada, o ecrã (tela) ficará mais escuro, etc. Com essa redução, poderá sentir o smartphone um pouco mais lento, principalmente se tiver muitas apps (aplicações) abertas.

Para activar e desactivar o modo “Poupança de bateria“, basta ir à barra de notificações onde está o relógio.

Em relação ao carregador, a empresa HMD Global decidiu optar pelo conector USB-C.

Opinião final

Nokia 6.1 (de 2018) é uma boa aposta, para quem quer um smartphone de média gama. Gostei muito do áudio, da impressão digital e do sistema operativo Android, uma vez que este é limpo (não traz qualquer app a mais).

Embora a bateria seja duradoura, esta não dá para ser substituída facilmente assim como acontecia com os smartphones e telemóveis (celulares) mais antigos. Somente poderá ser substituída numa loja de assistência técnica.

Disponibilidade

Nokia 6.1 (de 2018) encontra-se disponível em Portugal nas seguintes lojas:

Clique aqui para escolher onde comprar mais barato com o site KUANTOKUSTA.

Você gostou do artigo? Então partilhe-o.

Sobre: Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.