Notícias falsas ou fake news: o que são?

Quem navega na Internet já deve ter dado conta que existem montes de notícias falsas, também conhecidas pela sua tradução em inglês “fake news”. Apesar de serem falsas, continuam a ser partilhadas.

Então o que fazer quando lhes surgir uma notícia que parece ser falsa?

Neste artigo, iremos mostrar 2 sites que podem ajudar a verificar se as notícias são ou não verdadeiras.

Notícias falsas (fake news)

Ao longo destes últimos 20 anos, durante a minha experiência como internauta, deparei-me com montes de notícias que, após uma pequena busca na Internet, eram apenas notícias falsas.

Mas o que são notícias falsas?

As notícias falsas, ou (do inglês) fake news, fazem parte do nosso quotidiano, principalmente quem navega na Internet. Aparecem em blogues, mas principalmente em redes sociais, como o Facebook.

Por serem bem trabalhadas, fundamentadas e com factos bem estudados, iludam qualquer pessoa inexperiente. Geralmente, tendem a ser espalhadas por essas mesmas pessoas inexperientes e desatentas.

Vou agora dar um exemplo que vi no Facebook: sem citar nomes, circula uma fotografia com 3 grandes famosos do futebol, dois deles de Portugal. Na descrição, que pode variar, pode ser lido “Gang que está a assaltar carros na redondeza”. Ora, visto ser uma fotografia desses futebolistas já antiga, existem pessoas que continuam a partilhar, por ignorância ou porque não leram os comentários.

Embora o Facebook já se tenha pronunciado que irá combater todas as notícias falsas nesta rede social, uma grande verdade é que elas continuam lá. Todos os dias aparecem novas notícias falsas, com fundamentos e factos que parecem ser verdadeiros.

É preciso estar alerta!

Hoje em dia, as notícias falsas espalham-se cada vez com mais facilidade e chegam até às aplicações que usamos no nosso dia-a-dia para conversar, como o WhatsApp.

Leia mais:  Torne-se no nosso seguidor nas redes sociais!

Geralmente, a maioria das notícias falsas propaga-se nas redes sociais e uma delas, como já vimos, é o Facebook.

Seja por um objectivo ou outro, repito, é preciso estar alerta!

Quais os objectivos dessas notícias falsas?

Na maioria, trata-se apenas de uma vontade em espalhar boatos, difamar ou denegrir pessoas. Porém, existem algumas notícias com outros objectivos, como prejudicar as pessoas.

Por exemplo, no Facebook, já surgiram notícias que espalhavam malware no Messenger, ou seja, a pessoa inocentemente clica na notícia falsa e, em poucos segundos, sem a vítima saber, irá espalhar um boato para todos os seus contactos no Messenger. Até a vítima dar conta, outros contactos menos atentos já clicaram no link que foi enviado no Messenger.

Também são usados outros canais, como o WhatsApp, a aplicação mais popular para comunicar. São criados utilizadores falsos ou fakes que enviam mensagens falsas para vários utilizadores.

Como combater as notícias falsas?

Para alertar as pessoas que, todos os dias, usam a Internet, foram criados vários sites com esse objectivo: desmistificar as notícias falsas e combatê-las.

Veja de seguida os 2 sites mais comuns, aos quais eu recorro com mais frequência. São eles:

Boatos.org

Notícias falsas: boatos.org

O Boatos.org surgiu em Junho de 2013 e foi criado por Edgard Matsuki. Neste site, você encontrará um grande número de notícias, mais de 3 mil.

Matsuki conta actualmente com a ajuda das jornalistas Hellen Bizerra, Carol Lira e Kyene Becker.

Clique aqui para abrir o site numa outra aba.

E-farsas

Notícias falsas: e-farsas

Um pouco mais velho, lançado em Abril de 2002, por Gilmar Henriques Lopes, E-Farsas é outro site que está empenhado em desmistificar as notícias falsas.

Leia mais:  Facebook: Dados dos utilizadores vendidos por 5 dólares

Analista de sistemas, o autor usa a própria Internet para analisar as notícias que parecem ser verdadeiras, mas que, na verdade, não passam de mentiras.

Além do site, o E-FARSAS também se encontra no YouTube. Assine ou subscreva o canal e assista os vídeos.

Vale a pena dar uma olhadela! Visite o site clicando aqui.

Embora estes sites sejam brasileiros, vale a pena conferir antes de partilhar qualquer notícia que pareça mentira. Mas há muito mais sites, como a “Agência Lupa” e “Aos Fatos“.

E você, conhece algum site português que também faça a análise (checagem) de notícias falsas? Deixe-nos a vossa sugestão nos comentários.

Sobre: Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.