Sophia: O robô que fala

Muitos já ouviram falar de Sophia. “Aquela” robô muito parecida com uma mulher. Mas você sabe a história dela?

Venha conhecê-la melhor neste artigo.

Sophia robô

Muitas vezes usados em filmes, como The Terminator (no Brasil, “O Exterminador do Futuro”; em Portugal, “O Exterminador Implacável”), com o famoso actor Arnold Schwarzenegger, e outros filmes, os robôs não passavam de uma ficção. Porém, já existem e são muito mais reais do que possamos imaginar. Um dos robôs mais falados na actualidade é, sem dúvida, a Sophia.

Para poder conhecer a Sophia, é necessário entender primeiro o que é a Inteligência Artificial.

O que é a “Inteligência Artificial”?

A “Inteligência Artificial” (do inglês “Artificial Intelligence”) é um conjunto de teorias e técnicas usadas para criar máquinas capazes de simular inteligência.

Tudo começou nos anos 1950 com os trabalhos de Alan Turing (1912-1954), matemático e criptólogo britânico, que questionou se uma máquina poderia “pensar”. As tecnologias informáticas em desenvolvimento permitiram a realização de programas capazes de ultrapassar o homem em algumas das suas capacidades cognitivas emblemáticas.

Um dos primeiros jogos criados com Inteligência Artificial (IA) foi o jogo de xadrez, que foi criado em 1997, instalado no Deep Blue (em português, “azul profundo” ou “azul marinho”), um supercomputador com um software criados pela IBM.

Para testar e aprovar o jogo de xadrez, foi chamado o especialista Garry Kasparov, campeão do mundo de xadrez, que ganhou três partidas, empatou duas e perdeu uma partida contra Deep Blue.

Assim se deram os primeiros passos da Inteligência Artificial até à criação de Sophia.

Mas quem é a Sophia?

Sophia é um robô que, em homenagem à actriz Audrey Hepburn, foi criado pelo designer e pesquisador Dr. David Franklin Hanson que também é director executivo da empresa de robótica “Hanson Robotics”, sediada em Hong Kong.

Leia mais:  CTT - Correios de Portugal já testaram drones para entregar correio

Este robô, que foi activado pela primeira vez a 19 de Abril de 2015, não só tem inteligência artificial, como também faz a análise dos dados visuais e reconhecimento facial (consegue reconhecer as caras das pessoas e identificá-las).

E não pára por aí, pois Sophia consegue imitar os gestos humanos e expressões faciais. Com a Inteligência Artificial, “ela” também é capaz de responder a algumas perguntas. Ainda com criatividade limitada, pode iniciar conversas simples, como temas relacionados com a meteorologia.

Como se isso não fosse o suficiente, Sophia explora também a tecnologia de reconhecimento de voz da “Alphabet” (sociedade-mãe da Google).

Com o tempo, “esta” robô tende a ficar cada vez mais inteligente. Ultimamente, cientistas colocaram-na a dar os seus primeiros passos, ou seja, deram a possibilidade de Sophia poder andar.

É de notar que, inicialmente, Sophia foi imaginado para ser a companhia ideal de idosos em casas de aposentadoria.

Eventos com Sophia

No dia 9 de Novembro de 2017, Sophia esteve presente em Lisboa na Web Summit onde foi entrevistada pelo canal português SiC Notícias. Pode ver a entrevista clicando aqui ou veja o vídeo a seguir:

Nesta entrevista, nota-se que algumas respostas são “programadas”. Porém, Sophia faz uso de uma cloud (clique aqui para saber o que é uma cloud) para desenvolver as suas conversas. Para reproduzir o que Sophia fala, é utilizada uma coluna que está localizada no seu peito.

Foi feita a pergunta se “ela” queria andar, ao qual ela respondeu “Não consigo andar, mas estou ansiosa por poder passear por uma floresta de bambus ou um parque de Ciências.“.

Porém, mal se imaginava que no início do ano 2018, “ela” viria a dar os seus primeiros passos.

Leia mais:  Medicina: Cientistas já conseguem recriar um útero artificial de ovelha

Confira os primeiros passos de Sophia no vídeo dos nossos colegas c|net:

 

Afinal a ficção não está tão longe da realidade.

 

E você, já conhecia Sophia, a robô? O que você acha desta evolução tecnológica? Deixe-nos o seu comentário.

Você gostou do artigo? Então partilhe-o.

Sobre: Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.