Sexta-feira, Junho 14, 2024
FacebookRedes sociaisSegurança

A Educação e a Informática: Saiba como partilhar o seu computador com os seus filhos.

Este artigo destina-se aos pais e encarregados de educação que pretendem partilhar o seu computador com os seus filhos. Também vamos falar sobre redes sociais e os seus perigos para crianças.

Criança no computador

Hoje em dia os computadores já não são novidade para os alunos que começam a frequentar o 1º ano de escolaridade, pois na sua grande maioria já devem ter visto e mexido no computador do pai ou da mãe.

No meu tempo, recordando os anos 80, não havia ainda aquele grande número de computadores como há hoje, era rara a família que possuía um computador. Neste sentido o estado francês, proporcionou o ensino das TIC (Tecnologia de Informação e Comunicação) aos alunos desde a escola primária, lembro-me que tínhamos um computador servidor e vários terminais todos ligados à unidade central. O professor comandava todos os terminais, colocando jogos ludo-educativos (recordo-me de um em que tínhamos de controlar com as setas uma cobra que tinha de ir comendo letras com o objetivo de formar palavras).

É importante dar incentivo do uso do computador aos jovens desde a mais tenra idade. Quanto mais uma criança aprender a usar um computador como ferramenta educativa, esta terá mais possibilidades de mais tarde tornar-se completamente autónoma no seu manuseamento, sabendo proteger-se dos perigos da vida virtual, que não são nada mais que os mesmos da vida real.

O que fazer se não se sentir à vontade com as novas tecnologias para poder ensinar as suas crianças?

Deverá em primeiro lugar procurar informar-se. Existem sites em português de apoio à segurança na Internet completamente e linhas de apoio telefónico. Se mesmo assim não se sentir confortável, então deverá recorrer a um adulto que tenha competências informáticas e que tenha capacidade de ensinar.

Como partilhar o seu computador com os seus filhos?

Em qualquer sistema operativo, nomeadamente no Windows, é possível criar-se mais do que uma conta de utilizador. O recomendável seria ter uma conta de administrador para o responsável desse computador e criar-se uma conta limitada para a criança.

A conta de administrador terá acesso a tudo quanto se passa no computador e, com alguns ajustes, poderá monitorar as outras contas. Já as contas das crianças serão limitadas, ou seja, terão muito poucas permissões. Definindo assim as contas, ainda será possível delimitar o uso da Internet e acesso a sites, recorrendo a aplicações.

A problemática do Facebook

Devo ou não criar uma conta de Facebook para o meu filho que é menor?

Esta é uma questão pertinente colocada por vários pais, por falta de conhecimentos dos perigos, envolvendo a má utilização desta gigantesca teia de informações. Como sabemos, o Facebook é uma rede social que tem por objetivo a partilha de conteúdos de informação, tornando-se interessante e ao mesmo tempo perigosa, dependendo das definições de privacidade do seu perfil. Num artigo anterior, tivemos o cuidado de ver os vários perfis de utilizadores do Facebook, é de todo importante os pais terem conhecimento dos riscos que existem na utilização das redes sociais, para estarem devidamente informados das ameaças que possam surgir.

Relembramos que o Facebook é proibido a menores de 13 anos.

Para aprofundamento do assunto recomendamos a leitura dos seguintes artigos:

Para facilitar a tomada de decisão dos pais, procurámos umas perguntas-chaves que deverão ser respondidas pelos próprios pais:

  • Tenho noção dos perigos da rede social?
  • Vou ter tempo para supervisionar a conta de Facebook do meu filho?
  • Que amigos vão ser adicionados pelo meu filho?
  • O meu filho conhece todos os contactos que foram adicionados?
  • Qual é a finalidade que o meu filho vai dar ao seu perfil?

A sua ajuda é muito importante! Dê-nos uma ajuda e divulgue este artigo. Partilhe-o nas redes sociais!

Rui Silva

Sempre fui apaixonado pela Informática. Aos 11 anos, tive a minha primeira experiência com o ZX Spectrum +2B, aquele teclado com um leitor de cassetes. Em 2011, criei o site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhar é ajudar.

Partilhe este artigo nas redes sociais!

Assim, vai ajudar-nos a crescer mais. 😉 É só clicar na rede social onde deseja partilhar.