Sexta-feira, Junho 14, 2024
Notícias

DNS4EU: A União Europeia está a preparar o seu próprio DNS público

A União Europeia (UE) está a criar uma infra-estrutura para o serviço de DNS, chamado DNS4EU, e tenciona atender a todos os seus estados membros, que são actualmente 27.

Mas o que é o DNS e o que vai mudar na Internet para nós europeus?

DNS4EU

A União Europeia está a planear um enorme serviço de DNS, chamado DNS4EU (lê-se “DNS fór EU”).

O que é DNS?

DNS (Domain Name System, ou em tradução livre “Sistema de Nomes de Domínio) são servidores responsáveis por traduzir os endereços dos sites para números IP.

Por exemplo, você quer abrir o Google, basta digitar na barra de endereço de qualquer navegador o endereço https://www.google.com e ele será aberto. Porém, por trás desse nome existem um conjunto de números. Se você digitar agora este IP 142.251.43.238 nessa mesma barra de endereços, você irá ser encaminhado na mesma para o Google.

Agora, imagine o que seria se tivesse de digitar sempre esse conjunto de números. Seria bem complicado para memorizar! Iríamos memorizar apenas meia dúzia deles no máximo. Concorda? Pois, isso acontece com todos os sites, até com o i-Técnico (https://www.i-tecnico.pt).

Por isso, foram criados domínios e servidores de DNS em todo o mundo com o objectivo de traduzir os endereços digitados para o número de IP correspondente.

Onde está esse DNS?

Por padrão, são os provedores de Internet que oferecem esse DNS, como a Vodafone, MEO, NOS ou NOWO para quem estiver em Portugal. Já no Brasil, serão a Vivo, NET, TIM, GVT, entre outros.

Porém, não é obrigatório utilizá-lo. Existem outros DNS que oferecem mais segurança, mais performance e alguns até oferecem os dois. Temos vários como OpenDNS, Google Public DNS Comodo Secure DNS.

O DNS4EU da União Europeia

Para não depender mais dos Estados Unidos da América, a União Europeia está a criar o seu próprio serviço de DNS, chamado DNS4EU, que terá como funcionalidades as mesmas que os servidores já citados, como OpenDNS e Google Public DNS.

O DNS4EU também tem outro propósito mais importante: garantir a protecção dos utilizadores bloqueando sites ilegais.

Com um orçamento que ronda os 14 milhões de euros, ainda não se sabe ao certo como vai ser implementado. Por enquanto, trata-se apenas de um projecto ou de uma proposta. Porém, crê-se que dentro de pouco tempo, deverá passar dos papéis para a execução, como já aconteceu com a WiFi4EU, proposta de distribuir Internet sem fios pelas várias cidades europeias.

 

Fonte(s):

A sua ajuda é muito importante! Dê-nos uma ajuda e divulgue este artigo. Partilhe-o nas redes sociais!

Rui Silva

Sempre fui apaixonado pela Informática. Aos 11 anos, tive a minha primeira experiência com o ZX Spectrum +2B, aquele teclado com um leitor de cassetes. Em 2011, criei o site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhar é ajudar.

Partilhe este artigo nas redes sociais!

Assim, vai ajudar-nos a crescer mais. 😉 É só clicar na rede social onde deseja partilhar.