Segunda-feira, Junho 24, 2024
Google

Google+: é o fim dessa rede social dia 2 de Abril de 2019. Saiba o que fazer.

A rede social Google+ vai ser encerrada no dia 2 de Abril de 2019.

Nesse artigo, veja o que isso significa e o que fazer para salvar os seus dados.

O que é o Google+?

O Google+, conhecido por G+ e pronunciado Google Plus, é uma rede social que pertence à empresa Google Inc.

Lançada em 28 de Junho de 2011 apenas para convidados, poucas horas depois esses mesmos utilizadores (usuários) foram autorizados a convidar amigos. Em apenas 15 dias após o lançamento, já tinha alcançado cerca de 10 milhões de utilizadores.

Na época, só podia registar-se quem tinha idade igual ou superior a 18 anos. Porém, a 26 de Janeiro de 2012, esta rede social foi expandida para os adolescentes com idades a partir dos 13 anos.

Durante todos estes anos, a rede social Google+ alcançou muitos utilizadores, uns mais activos que outros, pois houve uma altura em que, para se criar uma conta de Gmail era necessário criar também um perfil na rede social. Os mais activos publicavam fotos, vídeos e partilhavam links de músicas e artigos de outros sites. Porém, assim como aconteceu com o Orkut, o Google+ já tem os seus dias contados.

Em 30 de Janeiro de 2019, a empresa Google LLC. anunciou que o Google+ vai ser encerrado no dia 2 de Abril de 2019.

Isto significa que desse dia em diante, o acesso à rede social vai ser negado e os perfis dos utilizadores serão todos eliminados, incluindo todas as fotografias, vídeos,  publicações e comunidades (no Facebook, são os grupos). Porém, existe uma forma de salvar os seus dados pessoais.

Como guardar os dados pessoais do Google+?

Assim como aconteceu com o Orkut (clique aqui para ver o artigo), os seus dados podem ser salvos recorrendo à mesma ferramenta TAKEOUT, que tem como objectivo possibilitar o utilizador extrair todas as informações colectadas nos vários serviços do Google.

Lembre-se que só poderá fazer isso até o dia 2 de Abril de 2019! Depois será tarde demais.

Passo # 1

Inicie a sessão no Google+, clicando aqui e em Entrar. De seguida, deverá introduzir o seu e-mail e a respectiva palavra-passe (senha).

Passo # 2

Vá à página de transferência dos seus dados, clicando aqui.

Passo # 3

Existem 4 produtos relativos ao Google+ que podem ser salvos:

  • os G+1 (equivalente às curtidas ou gostos do Facebook) que você colocou nos sites, artigos e no Google+;
  • os Círculos do Google+ (serão guardados no formato vCard);
  • as Comunidades do Google+ (equivalente aos grupos do Facebook, serão guardadas no formato HTML);
  • Fluxo do Google+ (equivalente ao Feed de Notícias do Facebook, também ele será guardado no formato HTML).

Ao abrir a página, todos os produtos estão seleccionados. Clique no botão azul para seleccionar o produto que não quer salvar. Depois de clicar, o botão azul passará a cinzento.

Passo # 4

Depois de seleccionados os produtos, clique em SEGUINTE.

Passo # 5

Aqui, terá de escolher o tipo de ficheiro (.zip ou .tgz) e o tamanho do arquivo.

Quanto ao tamanho do arquivo, você poderá escolher entre 1GB, 2GB, 4GB, 10GB e 50GB.

Finalmente, escolha o método de fornecimento. Veja quais são:

  • Envie o link de transferência por email;
  • Adicionar ao Drive;
  • Adicionar ao Dropbox;
  • Adicionar ao OneDrive;
  • Adicionar ao Box.

Se você ignorar este Passo 5 e passar para o próximo, o Google assumirá que você escolheu o tipo de ficheiro .zip, o tamanho do arquivo 2GB e será enviado o link de transferência para o seu e-mail.

Passo # 6

Clique em CRIAR ARQUIVO.

A criação desse arquivo poderá demorar muito tempo (horas ou até mesmo dias). Depois do arquivo ser criado, você irá receber um e-mail com uma hiperligação (link) para o transferir para o seu dispositivo pessoal. Esse link será válido apenas uma semana. Após esse prazo, terá de executar novamente todos os passos e pedir outro link.

Para saber como abrir e usar esse arquivo, veja o nosso artigo clicando aqui.

O que vai acontecer com o encerramento do Google+?

Se você usou o seu perfil do Google+ para comentar blogues que necessitavam autenticação, como os do Google (Blogspot), todos os comentários serão apagados e eliminados automaticamente a partir do dia de 2 de Abril de 2019.

Essa funcionalidade vai ser removida do Blogger até o dia 4 de Fevereiro de 2019 e em outros sites até o dia 7 de Março.

Se você usou o Google+ para iniciar sessão em sites, o mesmo vai deixar de funcionar e, em alguns casos, pode ser substituído por um botão “Início de sessão do Google“. Significa que vai continuar a poder iniciar sessão com a sua Conta Google sempre que for apresentado esse botão “Início de sessão do Google“.

Nos blogues e sites onde é possível partilhar nas redes sociais, o botão do G+ ou Google+ já foi desactivado.

Quanto aos sites criados em WordPress, os administradores e utilizadores estão avisados de que já não se pode publicar no Google+.

Para mais informações, clique aqui.

E quanto ao “i-Técnico”?

Quanto ao site “i-Técnico – Informática Para Todos“, iremos manter o nosso perfil até esse ser encerrado pela Google, onde continuaremos a publicar os artigos. Nos artigos, tal como referimos acima, não será mais possível partilhar directamente do site no Google+, pois o botão foi desactivado pela empresa Google LLC.

E você, era nosso seguidor? Vai sentir saudades dessa rede social? Deixe-nos o seu comentário.

A sua ajuda é muito importante! Dê-nos uma ajuda e divulgue este artigo. Partilhe-o nas redes sociais!

Rui Silva

Sempre fui apaixonado pela Informática. Aos 11 anos, tive a minha primeira experiência com o ZX Spectrum +2B, aquele teclado com um leitor de cassetes. Em 2011, criei o site "i-Técnico - Informática Para Todos".

9 thoughts on “Google+: é o fim dessa rede social dia 2 de Abril de 2019. Saiba o que fazer.

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhar é ajudar.

Partilhe este artigo nas redes sociais!

Assim, vai ajudar-nos a crescer mais. 😉 É só clicar na rede social onde deseja partilhar.