Microsoft libera máquina virtual gratuita do Windows 11 Enterprise para quem quiser fazer download.

Você ainda não tem o Windows 11 instalado e deseja ver como funciona? Então use a máquina virtual do Windows 11 Enterprise que a Microsoft acabou de tornar pública.

Saiba como ter acesso a essa máquina virtual completamente gratuita.

Windows 11

A Microsoft disponibilizou uma máquina virtual gratuita do Windows 11 Enterprise para download. Apesar de ser uma cópia do Windows 11 mais voltada para os desenvolvedores, você mesmo poderá experimentá-la.

De acordo com a Microsoft, a intenção é começar a construir aplicações do Windows rapidamente através de uma máquina virtual com a última versão do Windows, ferramentas de desenvolvedor, SDKs, e exemplos prontos para funcionar.

Nesse “pacote”, você terá acesso a tudo o que se segue:

  • Windows 11 Enterprise (avaliação)
  • Windows 10 SDK, versão 2004 (10.0.19041.0)
  • Visual Studio 2019 (versão mais recente a partir de 10/09/2021) com UWP, .NET desktop, e Azure workflows activado e inclui ainda a extensão Windows Template Studio
  • Visual Studio Code (versão mais recente de 10/09/2021)
  • Windows Subsystem for Linux activado com Ubuntu instalado
  • Modo desenvolvedor activado
  • Terminal Windows instalado.

Segundo a Microsoft, estas máquinas virtuais expirarão a 9 de Janeiro de 2022.

A Microsoft disponibilizou as versões das máquinas virtuais para VMWare, Hyper-V, VirtualBox e Parallels, directamente neste link da Microsoft. No total são 20GB de espaço que deverá ser alojado no seu disco rígido (HD).

Observa que o título da página está incorrecto: “Get a Windows 10 development environment” (em português “Obtenha um ambiente de desenvolvimento do Windows 10”.

Máquina virtual do Windows 11 Enterprise free 2021-11-24_11-13-03

Fonte(s):

A sua ajuda é muito importante! Dê-nos uma ajuda e divulgue este artigo. Partilhe-o nas redes sociais!

About Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.