Windows 10: Como melhorar o arranque do computador?

O seu Windows 10 demora a arrancar? Está na hora de ver que aplicações estão no arranque do sistema operativo e muito provavelmente terá que fazer uma limpeza.

Neste artigo, você irá ver como identificar quais são as aplicações que arrancam automaticamente com o Windows e irá também aprender como eliminá-las.

Arranque do Windows - Gestor de Tarefas

Quando um computador acaba de ser formatado, o seu arranque com o Windows 10 é geralmente muito rápido. Isso deve-se ao facto de não trazer nenhum programa.

Com o tempo, você vai começar a instalar programas, uns para ver vídeos, outros para ouvir música, e por aí fora. Alguns desses programas poderão pedir para iniciar automaticamente quando o Windows arranca, que é o caso do Skype, pois este programa pode ser iniciado automaticamente com o computador.

Depois de algum tempo, o seu computador vai demorar mais tempo a arrancar com o Windows 10.

Mas onde estão estas aplicações? Existe alguma forma de as eliminar ou controlar?

Porque é que existem aplicações de arranque?

As aplicações de arranque são aplicações instaladas pelo utilizador e servem para que o seu acesso seja muito mais rápido. Por exemplo, quando você instala o Skype, este poderá iniciar-se sozinho com o Windows, mal o computador seja ligado. Desta forma, bastará o utilizador clicar no ícone junto do relógio, para abrir o Skype.

Onde estão as aplicações de arranque?

Já falado aqui, o “Gestor de Tarefas” (“Gerenciador de Tarefas“) tem várias funcionalidades, uma delas mostra as aplicações que são iniciadas quando o seu computador é ligado. Chama-se o “Arranque do sistema“.

Até ao Windows 10, esse “Arranque do sistema” era executado através do comando msconfig, mas agora já está no “Gestor de Tarefas” no separador “Arranque“.

Arranque do Windows - Gestor de Tarefas

Este separador é uma tabela com 4 colunas pré-definidas: Nome, Editor, Estado, Impacto de arranque.

O Nome é o nome da aplicação que foi definida para arrancar automaticamente mal o seu computador é ligado.

O Editor é a empresa que criou essa aplicação.

O Estado mostra se a aplicação está activada ou não para arrancar automaticamente.

O Impacto de arranque mostra a importância da aplicação no arranque, que é avaliada pelo próprio Windows, seguindo o critério: “Alto“, “Médio“, “Baixo” e “Nenhum“.

As aplicações que apresentam “Sem medição” no Impacto de arranque, são geralmente aplicações que foram instaladas muito recentemente.

Como eliminar uma aplicação do arranque?

Feita a análise das aplicações que arrancam automaticamente com o Windows, assim que o computador é ligado, agora é hora de eliminar as aplicações que realmente não interessam e que possam estar a fazer com que o seu computador demore mais tempo a arrancar.

Arranque do Windows - Gestor de Tarefas

Para isso, com o rato clique no botão do lado direito na aplicação que você quer eliminar do arranque e em Desativar no menu de contexto.

Você também pode clicar com o botão do lado esquerdo do rato para seleccionar a aplicação e em baixo em Desativar.

A aplicação vai continuar a aparecer lá no registo, porque ela continua instalada no seu computador, mas já não vai ser carregada automaticamente da próxima vez que o seu computador arrancar.

Assim você poderá reverter a situação a qualquer momento, ou seja, voltar a colocar a aplicação no arranque do sistema operativo.

Cuidados a ter

Essa acção poderá melhorar significativamente o arranque do seu computador. Porém é importante ter alguns cuidados, caso contrário você poderá estar a comprometer o seu sistema operativo.

  • Certifique-se que não se trata de nenhuma aplicação do próprio Windows.
  • Certifique-se que essa aplicação não irá ser afectada depois de desactivada do arranque.
  • Vá registando em um documento de Word as aplicações que vai instalando e as que requerem o arranque automático, para evitar surpresas quando as eliminar.

Você gostou do artigo? Então partilhe-o.

About Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

4 Replies to “Windows 10: Como melhorar o arranque do computador?”

  1. Utilizo o F-Secure. Sucede que está desativado no arranque mas continua a iniciar-se com o windows. O procedimento é feito como indicado. Se eu não utilizar o programa ele não se inicia no próximo arranque; mas se pelo contrário o abrir, já sei que no próximo arranque o programa inicia-se apesar de no Arranque do Gestor de Tarefas continuar Desativado.

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.