Windows 11: Afinal já pode instalar em computadores mais antigos, com uma condição.

A Microsoft está a criar muita confusão em relação aos requisitos do Windows 11. Porém, parece que está a recuar e agora já se pode instalar em PC’s (computadores) antigos, mas tem um “porém”. Saiba que condição é essa que terá de cumprir para poder instalar o novo sistema operativo no seu computador antigo.

Windows 11

Quando a Microsoft anunciou o Windows 11, exigiu vários requisitos entre os quais processadores recentes e compatíveis para rodar o novo sistema operativo (🇧🇷sistema operacional, ou SO) e o TPM 2.0, que já falámos aqui.

Na apresentação do Windows 11, em Junho de 2021, a Microsoft anunciou os requisitos mínimos de hardware e deixou claro que apenas processadores (CPU’s) Intel 8ª Geração e superiores eram suportados oficialmente. Essa ideia inicial era destinada às empresas com o objectivo de avaliarem o novo sistema operativo (🇧🇷sistema operacional).

Na sexta-feira, dia 27 de Agosto de 2021, a Microsoft deu um passo atrás nas exigências e agora só vai pedir esses requisitos a quem actualizar o Windows 10 para o Windows 11.

O seu computador é antigo? Calma! Há solução para o Windows 11.

Porém, uma solução que não é muito viável. Entenda…

A Microsoft não vai actualizar os PC’s (computadores) antigos que não tenham os requisitos para o Windows 11, através do Windows Update.

No entanto, se você quiser o Windows 11, terá de fazer o download da ISO original através da ferramenta “Media Creation Tool” (ferramenta de criação de mídia) e fazer uma instalação raiz do sistema operativo (🇧🇷sistema operacional).

O que isso significa? Significa que você vai ter de formatar o seu computador, apagar todos os dados dos discos (🇧🇷HD ou, em inglês, hard disk driver) e instalar o Windows 11 como se fosse a primeira vez. Se você fizer backups (cópias de segurança) antes de iniciar o processo, não perderá os seus dados, pois poderá repô-los a seguir à instalação.

É claro que esse processo não está ao alcance de todos! Somente os mais entendidos é que vão arriscar-se.

Vejamos: como é que um utilizador (🇧🇷usuário) comum que não sabe fazer actualizações via Windows Update vai conseguir fazer essa instalação do Windows 11? Só conseguirá pedindo ajuda a um técnico. E isso não faz parte da vontade de todos os utilizadores (🇧🇷usuários).

Além disso, segundo o “The Verge“, se o processador (CPU) for antigo, o Windows 11 corre o risco de não receber actualizações automáticas.

Por isso, ainda de acordo com “The Verge“, a Microsoft não recomendará nem fará publicidade para este método de instalação do Windows 11.

É experiente na formatação de PC’s (computadores)?

Se você é um utilizador (🇧🇷usuário) que se sente à vontade na formatação de PC’s (computadores) e na instalação manual do Windows, as especificações mínimas de processador (CPU) já não vão fazer diferença, desde que tenha um processador de 1GHz e 64bits com 2 ou mais núcleos (core), 4GB de RAM e 64GB de armazenamento.

Assim sendo, é uma grande mudança que, tecnicamente, não vai deixar para trás milhões de PC’s (computadores). Mas , tal como foi dito acima, é preciso que se note que a Microsoft não vai garantir actualizações automáticas a esses PC’s (computadores).

Vale lembrar que o Windows 10 terá suporte ainda até 2025! Se em 2 meses já mudou muita coisa, então em 4 anos, pode ser que a Microsoft tenha outros planos. Parece que ainda vai haver muitos outros recuos em relação às exigências das especificações mínimas do Windows 11. Vamos ver!

Uma coisa é certa, está visto que a Microsoft pretende fazer com que os utilizadores (🇧🇷usuários) gastem mais dinheiro e actualizem os seus computadores com novo hardware. Isto é, querem que os utilizadores (🇧🇷usuários) comprem novos computadores mesmo que tenham comprado um recentemente. Pois, o TPM 2.0 só se encontra em computadores de 2016 em diante e 5 anos para um processador é muito pouco tempo de vida.

E você, está disposto a “perder tempo” e instalar o novo sistema operativo (🇧🇷sistema operacional) Windows 11? Deixe-nos o seu comentário.

Fonte(s):
The Verge “1” | “2

Apoie o “i-Técnico”! Não é preciso muito.
Se você doar 1€ já está a ajudar-nos bastante.

A sua ajuda é muito importante! Dê-nos uma ajuda e divulgue este artigo. Partilhe-o nas redes sociais!

About Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

7 Replies to “Windows 11: Afinal já pode instalar em computadores mais antigos, com uma condição.”

  1. Não vai precisar formatar, quando iniciar a instalação, o Windows irá perguntar se deseja atualizar e preservar as informações ou fazer uma instalação limpa mas que perderá os dados…

    • Mas a questão aqui não é essa. O que devemos colocar como questão é: um utilizar comum vai ser capaz de fazer isso? Não!

      Por isso, esse comentário é um pouco descabido e vem sujar um pouco o excelente trabalho do Rui Silva, que está a esforçar-se em trazer informação pública!
      Pois, eu tenho a certeza que se ele quisesse ele tinha indicado isso no artigo.

    • Essa questão já é muito técnica e creio que se o Rui Silva quisesse, a teria colocado no artigo, pois deve ser do conhecimento dele.

      Aqui, o que realmente interessa é saber que já se pode instalar em computadores mais antigos, através da formatação. Depois a parte técnica, se a pessoa dominar a formatação de máquinas (como o Rui Silva indicou), saberá certamente o que fazer para não perder os dados.

      Atentamente,
      Prof. Martine Sousa

    • Caros Nilton, Andreia e Martine,
      Agradeço os vossos comentários.
      De facto a parte da formatação é uma questão um pouco mais técnica.
      Cumprimentos a todos.

  2. Parabéns pelo artigo! Foi bem esclarecedor. Mas o que eu acho é que a MS está a dar um tiro no pé ao exigir tanta coisa para um utilizador comum.

    No meu caso, sou leiga na Informática. Vou continuar com o Windows 10 até dar. Pelos vistos, vai ser até 2025. E depois logo se vê. Não vou abrir mão deste computador que comprei há 7 anos! Ele funciona ainda muito bem no Windows 10. Dá para consultar sites, como o i-Técnico, dá para mandar e-mails e preparar as aulas. Por que razão haveria eu comprar um novo computador ou actualizar este sendo que não tenho necessidade?

    A MS está a inventar muito. E é como o Rui Silva escreveu e bem, citando “a MS pretende fazer com que gastem mais dinheiro”. Era o que mais faltava! Tenho um processador i5, já corri a ferramenta para verificar os requisitos e diz que não tem o TPM 2.0. Enfim,…

    Mais uma vez, meus parabéns pelo artigo! Ficou muito bem escrito e esclarecedor. Continuação de bons artigos.

  3. Infelizmente nem todos podem adquirir novo “hardware” para essas novas atualizações. Vale a pena por enquanto se prevenir com o Windows 10 com suporte para até 2025. Parabéns pessoal do i-Técnico pelo artigo publicado, fonte de inspiração para os utilizadores (usuários).

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.