Terça-feira, Julho 23, 2024
NotíciasTecnologias

VLibras: conheça o tradutor instantâneo de português para Libras

Se você é deficiente auditivo e residente no Brasil, a comunicação com o seu computador vai ficar mais fácil.

Saiu um novo software criado no Brasil, que promete acabar com a barreira de dificuldade de um deficiente auditivo em comunicar-se com o computador.

Venha ver nesse artigo que software é esse e quem está por trás dessa maravilha.

VLibras

Criado em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), este software, que se chama “VLibras“, promete traduzir 11 mil sinais ou códigos diferentes, de acordo com o coordenador do projecto, César Bomfim.

Em uma entrevista na Globo, César Bomfim afirma que é de custo zero para o usuário, porque é público, porém informa que o VLibras teve um custo de cerca de R$ 2 milhões e demorou quase 2 anos a ser desenvolvido.

É de referir também que o VLibras pretende abraçar mais pessoas, incluindo instituições públicas e privadas, e traduzir correctamente expressões da língua portuguesa, ficando acessível à sua utilização e actualização por parte de todos os usuários, pois eles podem introduzir novos sinais, por exemplo, termos científicos ou jurídicos.

Neste momento, o VLibras já consegue traduzir vídeos se estes vieram com ficheiro (arquivo) de legenda e já se encontra disponível para download para computador e para smartphones e tablets.

Veja neste vídeo como funciona o software VLibras.

A sua ajuda é muito importante! Dê-nos uma ajuda e divulgue este artigo. Partilhe-o nas redes sociais!

Rui Silva

Sempre fui apaixonado pela Informática. Aos 11 anos, tive a minha primeira experiência com o ZX Spectrum +2B, aquele teclado com um leitor de cassetes. Em 2011, criei o site "i-Técnico - Informática Para Todos".

One thought on “VLibras: conheça o tradutor instantâneo de português para Libras

  • Muito bom, me ajudou no desenvolvimento do meu trabalho de Portfólio.

    Reply

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhar é ajudar.

Partilhe este artigo nas redes sociais!

Assim, vai ajudar-nos a crescer mais. 😉 É só clicar na rede social onde deseja partilhar.