Segurança: Os e-mails enviados por amigos são seguros? Saiba o que é a autenticação de dois factores e proteja-se!

Provavelmente, você já deve ter ouvido falar que não se deve abrir e-mails de desconhecidos. Mas, será que os e-mails enviados por amigos são seguros? E porquê a autenticação de dois factores?

Neste artigo, explicaremos o que é a autenticação de dois factores, a sua importância e uso. Depois responderemos então à pergunta colocada no título.

Autenticação de dois factores

Os e-mails vieram transformar a era digital e já são muitas as pessoas que usam essa tecnologia para receber os seus correios electrónicos. São mais fáceis de gerir e agora com os smartphones ficam muito mais acessíveis.

Tal como outros serviços online, as contas de e-mail precisam de uma autenticação forte que, normalmente, é um dos requisitos mais ignorados. Algumas pessoas esquecem-se da palavra-passe (senha) e por não conseguirem recuperar a conta, desprezam-na, ou mesmo que consigam recuperar a conta, continuam a colocar uma autenticação baixa.

Quando isso acontece, o serviço online pode ser recuperado por um hacker ao quebrar a segurança do serviço online e invadir o que pertence a você!

Após esta invasão, com a lista de contactos existentes nesse serviço, começa então a distribuir phishing por todos os contactos para lhes roubar mais dados pessoais.

Essa prática pode ser feita através do envio de um link, que remete a um site onde podem ser pedidos dados pessoais como o nome da pessoa, os dados de um cartão bancário, número de telefone, etc.

Phishing: O que é? Tenha cuidado.

É preciso contar com uma autenticação forte e uma autenticação de dois factores!

Para ter uma autenticação forte, em primeiro lugar, é necessário uma palavra-passe (senha) forte. Existe um site que mede a força da sua palavra-passe (senha), clique aqui para ver esse artigo onde anunciámos esse site.

Depois, existem vários métodos de dupla autenticação, ou autenticação de dois factores, que consiste em ter uma segunda confirmação para que realmente o serviço saiba que é você mesmo que está a tentar aceder ao seu e-mail.

Finalmente, existem muitas regras básicas, mas fundamentais para que o seu e-mail e/ou outro serviço online não caia nas mãos erradas. Veja as mais importantes:

  • Não dê a sua palavra-passe (senha) a ninguém nem use a mesma palavra-passe (senha) para vários serviços online.
  • Nunca tenha um único e-mail: crie sempre um e-mail alternativo para ser usado em caso de desconfiança do site onde vai ser usado.
  • Nunca use o seu e-mail principal em sites que desconfia ou até em redes sociais.

Essas três regras básicas que são fundamentais, associadas a uma autenticação de dois factores já dificultam a vida dos hackers quando tentarem roubar o seu e-mail.

Mas o que é uma autenticação de dois factores?

De acordo com a Kaspersky, a autenticação de dois factores é um recurso oferecido por vários prestadores de serviços online, que acrescentam uma camada adicional de segurança para o processo de login da conta, exigindo que o utilizador (usuário) forneça duas formas de autenticação.

Geralmente, a primeira camada, ou primeiro factor, é a palavra-passe (senha) que usou na criação desse serviço online. Lembrando que os serviços online são contas de e-mails, contas de redes socais, contas de instituições bancárias e/ou públicas, etc.

Já a segunda camada, ou segundo factor, irá variar de serviço para serviço. O mais comum é certamente um SMS com a confirmação de um código. Mas também existe a possibilidade de receber esse código por e-mail.

Apesar de não ser um método infalível, a ideologia por trás da autenticação de dois factores é reforçar a segurança ao efectuar login num determinado serviço online, pois é uma excelente defesa para prevenir o compromisso das suas contas online.

A importância do número de telemóvel (celular): veja qual é!

Então e os e-mails enviados pelos amigos são ou não são seguros?

A resposta é: “Depende!”. Para prevenir isso, basta recorrer à lógica.

Se você acaba de receber o e-mail de um amigo e nesse mesmo e-mail consta apenas um link, que também pode vir acompanhado com um texto, é de desconfiar. Esse link pode servir para:

  • Instalar uma aplicação maliciosa no seu dispositivo (computador, tablet, smartphone, etc.)
  • Abrir um site para recolher dados (como já foi explicado no início do artigo)

Na incerteza, aconselhamos sempre que verifique a veracidade desse e-mail do seu amigo. Para isso, basta perguntar-lhe se realmente ele enviou esse e-mail, mas não pergunte respondendo ao e-mail.

Prefira um meio de comunicação síncrona (em que ele possa responder em tempo real), como um mensageiro (WhatsApp, Messenger, Telegram, etc.). Se ele não usar nada disso, então mande uma SMS ou ligue-lhe! Agora, se você vai abrir ou não esse e-mail, vai depender da resposta dele.

Independentemente da resposta dele, encaminhe-lhe este artigo que vai ser interessante para ele ler 😉. Se ele tiver sido vítima de phishing, irá agradecer-lhe. Caso contrário, será sempre mais conhecimento.

Não se esqueça que “seguro morreu de velho”! Mais vale prevenir que remediar.

E você já usa autenticação de dois factores? Já recebeu algum e-mail estranho de um amigo? Deixe-nos o seu comentário.


Calma, não vá ainda embora! Pode parecer que não, mas este artigo deu-nos trabalho para fazer. Se você partilhar este artigo, estará a ajudar na divulgação. Por isso, pedimos que partilhe esse artigo com os seus amigos, colegas e família, pessoalmente e/ou nas redes sociais.

Por falar em redes sociais, siga o “i-Técnico” nas várias redes sociais:

✔ Facebook: 👉 http://bit.ly/2oegdmH
✔ Instagram: 👉 http://bit.ly/2mzI3O1
✔ Twitter: 👉 http://bit.ly/2QzODhS
✔ LinkedIn: 👉 http://bit.ly/2d3ehdN
✔ YouTube: 👉 http://bit.ly/2lV17pQ

 

Você gostou do artigo? Então partilhe-o.

About Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.