Terça-feira, Julho 23, 2024
Programas

Bug: O que significa o termo “Bug” ou “isto está bugado”? Entenda.

Certamente, você já ouviu em alguma vez nos últimos anos a palavra “bug” ou alguém dizer “Isto está tudo bugado” ao referir-se a um programa ou jogo.

Veja o significado do termo “bug” e qual a sua origem.

Bug (insecto) ou falhas informáticas

Bug é um jargão da Informática, ou seja, uma expressão utilizada unicamente para a área informática. Os bugs referem-se às falhas inesperadas que acontecem quando o utilizador está a executar algum software ou a usar um hardware.

Esses bugs são imprevisíveis e ocorrem quando menos o utilizador espera. Numa analogia ao mundo real, é como você estar habituado a ligar um determinado número de aparelhos à corrente eléctrica da sua casa. Mas, um “belo” dia, sem você saber o porquê, o quadro eléctrico não aguenta e a luz cai. Basicamente um bug é isso.

Origem do termo bug

A palavra Bug vem do inglês e significa literalmente “insecto” e surgiu no dia 9 de Setembro de 1947 no computador Mark II, operado pela US Marine (Marinha dos Estados Unidos). A invenção do termo é frequentemente atribuída a Grace Hopper, ao publicar nesse mesmo ano, que a causa do mau funcionamento desse computador da Universidade de Harvard, seria um insecto preso entre os fios.

Depois, ela escreveu no seu diário de bordo um caso real de “insecto (bug) encontrado”.

Desde então, esse termo bug acabou por ser adoptado no vocabulário utilizado por pessoas ligadas à Informática.

Como nos últimos anos, sabendo que o ser humano também tem tendência a evoluir, essa definição já faz parte do dia-a-dia de qualquer criança que tenha nascido no Século XXI (21). Lembrando que o Século XXI, começou a 1 de Janeiro de 2001 e acabará no dia 31 de Dezembro de 2100.

Porque os informáticos temem os bugs?

Quando um bug acontece, significa que aquele software ou hardware está com problemas. Logo, é uma porta aberta para invasões mal intencionadas de pessoas, conhecidas como hackers. Mas, também pode ser porque alguma linha de código tenha sido mal escrita, causando uma paragem forçada do software, ou do próprio sistema operativo (🇧🇷sistema operacional), por causa de um hardware.

Veja o que são sistemas operativos clicando aqui e hardware clicando aqui.

Para fazer face a estes bugs, desde Julho de 2014, existe o Project Zero da Google, que tem como objectivo encontrar aquelas que são conhecidas como vulnerabilidades do dia zero. Assim que essas falhas forem descobertas, a equipa de desenvolvedores tem 90 dias para acharem a sua correcção.

As versões Beta e os bugs

Uma versão Beta de um software é uma versão que ainda contém erros, os tais bugs, e instabilidade para os utilizadores.

Por isso, cada vez mais se vê lançamentos antecipados da versão beta de softwares como jogos, com o objectivo das pessoas testarem e relatarem os erros, comunicando os seus feedbacks à equipa de desenvolvedores.

A versão Beta também poderá conter funcionalidades que poderão não aparecer na fase final do software.

O que é o Bug do Milénio?

Bug do Milénio, ou Bug Y2K, é um erro que se acreditava acontecer na passagem do milénio: todos os computadores passariam a exibir a data 1 de Janeiro de 1900 em vez do ano 2000.

A explicação é essa: desde a década de 1960, era comum os softwares utilizarem apenas os dois últimos dígitos do ano, por exemplo 60, 70, 80, etc. Isso era feito de propósito pois economizava espaço em memória e, logicamente, também tinha a ver com dinheiro.

Porém, com a evolução digital, muitos programas foram actualizados para novos formatos, que suportavam o ano de 2000 e logo estava aí a solução. No entanto, no final dos anos 90, constatou-se que existiam empresas que ainda não tinham actualizado o seu software para lidar com isso.

Um outro grande responsável por essa falha eram as BIOS do sistema. Muitas vezes também só utilizavam dois dígitos para indicar o ano.

Apesar de todo esse receio, o Bug do Milénio acabou por não acontecer, mas fez com que aumentasse a corrida para a actualização de programas, com bilhões de dólares a serem investidos ao redor do mundo para esse efeito. Além disso, na passagem milenar, a grande maioria dos utilizadores domésticos, como eu e você, e das empresas já tinham adquirido computadores mais novos e esses já com suporte para o ano 2000.

Os bugs e as actualizações de softwares

Quando aparecem bugs, como foi dito, os desenvolvedores e responsáveis pelos softwares têm um prazo para corrigir esses problemas. Assim que são corrigidos, é lançada uma nova actualização para o público que deverá instalar nos seus computadores.

Isto acontece em jogos, em sistemas operativos como o Windows e aplicações. Porém, também como já referido, pode acontecer quando uma marca lança um novo hardware incompatível com uma determinada versão do sistema operativo (🇧🇷sistema operacional).

Por isso, se vêem tantas actualizações no Windows, chamadas patch tuesday, que geralmente ocorrem às terças-feiras.

 

E você, já encontrou algum bug? Diga-nos qual foi e o que fez para solucionar. Deixe-nos o seu comentário.

 

A sua ajuda é muito importante! Dê-nos uma ajuda e divulgue este artigo. Partilhe-o nas redes sociais!

Rui Silva

Sempre fui apaixonado pela Informática. Aos 11 anos, tive a minha primeira experiência com o ZX Spectrum +2B, aquele teclado com um leitor de cassetes. Em 2011, criei o site "i-Técnico - Informática Para Todos".

Deixe um comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Partilhar é ajudar.

Partilhe este artigo nas redes sociais!

Assim, vai ajudar-nos a crescer mais. 😉 É só clicar na rede social onde deseja partilhar.