O que é uma máquina virtual e para que serve?

Você sabia que é possível ter outros sistemas operativos no seu computador?
Imagine, está a usar o Windows 7 e quer experimentar o Windows 8… ou porque não o Windows 10? Como é que isso é feito? Vamos explicar neste artigo.

virtualizacao-de-sistemas

Este processo é normalmente chamado de “virtualização de sistemas” e ocorre num computador “normal” através de máquinas virtuais criadas a partir de um determinado programa.

O que são máquinas virtuais?

Máquinas virtuais são computadores virtuais que são instalados no próprio computador que estiver usando. Ao Sistema Operativo da máquina virtual chamamos de Guest (Convidado) e ao da máquina “principal” chamamos de Host (Hospedeiro).

Existem soluções gratuitas para a criação de máquinas virtuais (por exemplo o Oracle VM VirtualBox ou o Microsoft VirtualPC), mas também há outras mais complexas e por isso pagas como o VMware.

Para que serve a máquina virtual? Quem usa máquinas virtuais?

Uma máquina virtual torna-se útil quando uma pessoa está interessada em fazer testes num outro sistema operativo, por exemplo, você tem o Windows 7 instalado e quer experimentar o Windows 8, sem perder o Windows 7. Poderá recorrer à instalação do Windows 8 numa máquina virtual.

A máquina virtual pode ser facilmente transportada de um computador para o outro, pois trata-se apenas de um conjunto de pastas com ficheiros (arquivos).

Normalmente, quem utiliza essa ferramenta são os técnicos de informática, pois requer já alguma prática em instalar sistemas operativos (Windows, Linux ou MacOSX). Os administradores de sistemas podem usar estas máquinas virtuais para fazerem backups (cópias de segurança) entre outras operações.

Que cuidados principais devo ter?

Uma máquina virtual não é nada mais do que um computador dentro do computador, logo será necessário verificar se o seu computador tem capacidade suficiente e de preferência a mais para que possa ser usado na máquina virtual, nomeadamente memória RAM e espaço em disco (na HD), sem comprometer o desempenho do seu computador principal.

Leia mais:  Powerbank: O que é? Para que serve?

Vamos a um exemplo prático:

Você tem o Windows 7 instalado, com 8GB de memória RAM e um disco de 120GB.

Se você criar uma máquina virtual com o Windows 8, logo irá necessitar de 2GB de memória RAM e um disco virtual de 60GB.

Assim que iniciar a máquina virtual, o Host (computador principal) passará a ter apenas 6GB de RAM, deixando assim a memória RAM restante para a máquina virtual. Será também reservado um espaço no disco rígido para a criação desse disco virtual, com a capacidade que foi definida aquando a criação da máquina virtual.

E você, já alguma vez usou uma máquina virtual? Deixe-nos o seu comentário.

Você gostou do artigo? Então partilhe-o.

Sobre: Rui Silva

Fundador e criador do site "i-Técnico - Informática Para Todos".

4 Replies to “O que é uma máquina virtual e para que serve?”

  1. oi eo so orlando,ê tinha muita curosidade em conhecer essa tal maquina
    virtual, ja tenho uma instalada no meo pc,mas não sei operar,mas tudo bem
    vo tentar aprender, e gostei muito da aula que recebi do cris santos
    muito obrigado .

    • Oi Orlando,
      Antes demais, agradeço seu comentário.

      Você falou “já tenho uma instalada no meu PC”. Que programa é que tem instalado para criar as máquinas virtuais?

      Cumprimentos

  2. Eu uso a máquina virtual principalmente para testar coisas novas, sem correr o risco de cometer equívocos no meu sistema principal (pois sou um mero leigo, e não técnico). Foi em uma VM que eu aprendi coisas como formatar/restaurar o sistema operacional, fazer dual boot da maneira correta, alterar algumas coisas por meio de linhas de comando etc. Enfim, eu recomendo que todas as pessoas, caso seus PCs e notes tenham os requisitos necessários, instalem uma VM, pois nela você poderá explorar o sistema que quiser sem correr o risco de danificar seu SO principal, pois muita gente gasta uma grana para resolver problemas que, às vezes, são de fácil solução e poderiam muito bem ser resolvidos pelo próprio usuário, se não fosse o medo de corromper o sistema.

    • Concordo com o Chris. Instalar uma máquina virtual é o melhor que se pode fazer.
      Com as máquinas virtuais podemos aprender tudo isso e muito mais. Quem tiver uma boa máquina (PC ou note) poderá recorrer à máquina virtual para fazer montes de testes, como o Chris bem falou.
      Além do mais, podemos levar as máquinas virtuais para onde queremos, se forem instaladas em uma HD (disco) externo.
      Já agora aproveito para parabenizar o i-Técnico pela excelente redação deste e de outros artigos, que eu já recomendei a alunos meus.

Deixe um comentário.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.